Manipulação da População Alienada

 

Até que ponto chega a ambição dos seres humanos pra conseguirem status, poder dinheiro. Se apoiam nos desfavorecidos e nas classes de menor poder aquisitivo, descontrolados  psicologicamente manipulando-os como marionetes para exibir-se em suas apresentações. No filme O Quarto Poder  não se difere em nada a nossa realidade, ao observar a situação de um repórter policial que encontra-se com o nível de audiência abaixo do solicitado que cobriria uma simples matéria em um museu,  quando percebe fatos que não estariam no contexto da reportagem, resolve então ser sensacionalista e dar continuidade ao novo furo de reportagem.

O quarto poder revela como os fatos são omissos e pode ser elevado a um tamanho absurdo, modificando a interpretação de um público que se torna alienado com o decorrer da Historia que se torna estória e como a mídia tem o poder de influenciar pessoas e impactar em suas opiniões. Quando as emissoras de tv que tinha a missão de informar e transmitir conhecimentos  passa a manipular a população. Hoje há quem chame a mídia de o quarto poder depois do executivo, legislativo e judiciário, que dita normas para o comportamento de um povo, quando a mesma aqui no Brasil sempre foi contrária a democracia sempre a favor da ditadura e usada pra benefícios próprios. Tira presidente, coloca presidente no poder, exalta jogadores, cantores, e outras figuras públicas,  muitas vezes figuras sem nenhum talento envolvidos por uma campanha fraudulenta  dizimando o talento de quem realmente os possui.

Quem sabe um dia há de chegar o tempo em que o cidadão com melhor educação consiga distinguir que esta diante de um falso marketing não alimentando esse ciclo vicioso, como já dizia Albert Einstain ; A mente que se abre a uma idéia jamais voltará ao seu tamanho original .

Anúncios

SOU FEIO MAS ESTOU NA MODA

Tudo na vida é passageiro, até as pessoas terão que passar desta para melhor ou pior, por esse motivo nunca me apregoei a moda talvez por me criar em familia pobre meu pai religioso e muito moralista, não por esses motivos, mas pessoalmente as vezes não curtia a moda do momento,  nunca consegui acompanhar as mudancas dos costumes locais, nacionais, ou internacionais,  pois passam por uma mudança constante , a população copiando jogadores, celebridades, atores, eles mesmos que criam estilos pra gerar marketing na pessoa pública e as vezes não duram nem um verão, já vi cantores e bandas fazerem sucesso com uma só música, depois sumirem da mídia pra nunca mais aparecer, Já vi moda de cabelos black, camaleão, chanel, careca, soldado, punk, até do pica pau do desenho animado calças mocassin, jeans rasgadas, manchadas, com pinturas, outro dia aqui na cidade observei um jovem parecido com a pantera-cor-de-rosa, com a calça ligada nas pernas, uma camisa baby look sapatos verde limão e um cabelo punk pintado de azul e não tá nem ai. Os estilistas giram e as vezes voltam ao ponto de partida renovando o passado voltando a moda antiga, nesse intervalo observo em vias públicas estilos próprios, nascendo novas tendências que ninguem sabe de onde surgiu, seres estranhos usando trajes esquisitos como dizia Chico Sciense; saiu do mangue e virou gabirú , vi na net reportagens de pessoas querendo se parecer com o coisa ruim ou sei lá o que, se achando o maximo fazendo cirugias pra se enfeiarem com a cara (pra não dizer rosto ) todo pintado de tatuagens, sem ter lugar pra pendurar mais brincos, a moda mais horrenda na minha concepção , quando jovens até de boa aparência e bem vestidos com alargadores nas orelhas cada um se exibindo pras garotas com o buraco maior, as pulseiras nos ouvidos que não retorna mais ao que era antes e quando esses juvens chegarem a meia idade e mudar de opinião e  essa moda passar, outros com tatuagens de crianças parecidas com o boneco thuck do filme de terror, mulher mal desenhada que ninguem distingue o que seja, nos cortiços pegaram a mania de tatuar terços, estrelas, e outras
baboseiras sem sentido, tatuagens mal feitas e inacanadas parecidas com desenho de criança no pre primario. E esqueci dos metidos a dj’s que pintam o cabelo de amarelo, usam uma corrente de amarrar cachorro de ferro no pescoço com uma medalha do tamanho de uma tampa de leite ninho e as vestes de um defunto que era maior e posta fotos nas redes sociais com dinheiro dos outros e escorados em carros que não é dele querendo ser o que nunca foi.
Não tenho preconceito com nenhuma tribo, raça, alienígena, ou o que quer que seja… mas tenho o direto de achar bonito ou feio e não consigo acompanhar a evolução dessas tendências ao meu visto ridículas, mas cada um vê as coisas de um ângulo diferente e se você vê em um ângulo diferente de mim,
Parabéns a sua boa percepção.

TECNOMANIA

Amo tecnologia, desde que seja usada para o desenvolvimento social , melhora de meus conhecimentos levando a todos a idéia de conservação da moral, bons costumes,  conscientizar  o mundo em preservar a natureza e tudo que ela pode nos proporcionar
Mas ao que tenho observado nos dias atuais com a inserção em todas as classes sociais fazem uso incorreto das maravilhas que esse meio pode nos oferecer. Existem tantas plataformas inovadoras que podem facilitar o desenvolvimento das pessoas, existem softwares para varias funções que dinamizem nosso cotidiano, cursos, vídeo aulas, entre outros, mas utilizam redes sociais para fins malicioso como  traição, spam’s, assédio moral, buling , etc… (mais…)

SOCIEDADE VICIADA

Quando cito viciada não quero falar sobre o uso de drogas que também se encontra na ideia em que pretendo relatar.
Pois são tribos separadas e criam um mundo só seu e se não usas é sempre careta e discriminados, não so viciados em drogas, mas religiosos, classes trabalhistas, políticos, qualquer meio social que você se encontre, crescem grupos mafiosos que trocam favores entre si.
Tem que existir um conchavo com alguém pra lhe proporcionar lucros em alguma coisa. Como se essa reciproca fosse honesta, e isso torna-se um ciclo vicioso que não tem mais como mudar, será que as pessoas sinceras e honestas conseguem alguma posição nesse convívio ? Certamente que não, essa cultura já está se infiltrando nas pessoas atuais desde criança quando herdam dos pais a idéia de levar vantagem em tudo, quando adolescentes pra arrumar namorada, sempre compram alguem pra conseguir o feito ou resolver aquela prova dificil de ser resolvida no colégio sempre tem aquela garota CDF feia e apaixonada que passa a cola em troca de um carinho, em cursos, cursinhos, ou até faculdades tem ligacoes com munitores instrutores ou até mestres pra conseguir melhores notas ou posições de destaque. (mais…)